Esta composição deseja investigar como o desporto de participação de natação em águas abertas vem acontecendo na praia de Copacabana para que se investigue como tem se dado a proteção à integridade física dos praticantes dessa modalidade esportiva nessa localidade. Para dar cabo dessa missão nos apoiaremos na Constituição, nas leis e atos infra legais federais e municipais, na doutrina interdisciplinar, e na experiência pessoal desse signatário para que perquiramos como pode se conciliar todas as atividades das embarcações com a segurança desses desportistas

[1] Pós-graduado em Direito Privado e Direito Público pela UCAM. Especializado em Direito Público e Privado pela Fesudeperj. Bacharel em Direito pela FND/UFRJ. Membro da Comissão de Direito Desportivo do IAB e da OAB/RJ. Professor de Direito Civil da Faculdade Gama e Souza e do Curso Degrau Cultural. Advogado. Analista Jurídico da DPERJ. Mediador em Solução de Conflitos e Justiça Restaurativa. Ex-Professor Substituto de Direito Civil da FND/UFRJ.

Anexos